SpotifyYouTubeFacebookLink

NOVO ÁLBUM - Missa "O Beata Maria"

Arte Minima tem o prazer de anunciar o lançamento do seu novo álbum “Missa O Beata Maria”, pela editora Pan Classics. O programa centra-se na figura de Francisco de Santa Maria (1532/8-1597), compositor de origem espanhola que desenvolveu a maior parte da sua actividade em Coimbra, e cuja música é ainda praticamente desconhecida.

O CD pode ser escutado em todas as plataformas digitais, ou comprado nos pontos de venda habituais.

SpotifyLinkLink

Fundada em 2011 por Pedro Sousa Silva, Arte Minima é um projecto dedicado à interpretação de música dos séculos XV, XVI e XVII, com especial relevo para a produção musical portuguesa desses períodos. Os métodos de trabalho empregues pelo grupo assentam em modelos explorados no âmbito de investigação académica, e que procuram transferir para o século XXI ferramentas de aprendizagem e interpretação musical oriundas do renascimento. O trabalho interpretativo é feito directamente a partir das fontes originais, sem a mediação de transcrições modernas, e a perspectiva filológica estende- se a todos aspectos (teoria, instrumentos, afinações, etc.) numa procura incessante de uma maior compreensão das linguagens musicais do passado.

Dos concertos realizados pela Arte Minima, destacam-se as participações no Festival Internacional de Música da Póvoa de Varzim, Temporada Música em São Roque, Festival de Sons de Almada Velha, ou Música na Primavera de Viseu, quase sempre com programas em torno de obras do renascimento português executadas em primeira audição moderna.


Em 2021, o grupo realizou o álbum In Splendoribus contendo 15 composições inéditas associadas à produção musical das Sés de Braga e Porto durante o século XVI (projecto apoiado pela DRCN).

Entre 2023 publicou na prestigiada editor Pan Classics um novo disco com música de Francisco de Santa Maria (projecto apoiado pela Fundação GDA e realizado em cooperação com o CESEM-UNL). Seguir-se-ão três CDS com a integral dos motetos da colecção Liber Primus Epigramatum, de Vicente Lusitano (projectos financiados pela DGArtes, Caixa Cultura e Fundação GDA), com publicação prevista para 2024, 2025 e 2026.


Os projectos da Arte Minima têm contado com o apoio da DRCN, Fundação GDA, DGArtes, CESEM, ESMAE-IPP, Instituto Politécnico do Porto, PORTIC - Porto Research, Technology & Innovation Center, DRCN e Antena 2. Em 2023, o grupo ganhou concursos dos programas Criatório (Câmara Municipal do Porto), Caixa Cultura (CGD) e Fundação GDA para projectos a realizar em 2024.